COOPERAÇÃO HUMANITÁRIA

A escola de Cooperação Humanitária tem agora em 2022 sua primeira edição, e estabelece uma conexão urgente com missões urbanas. Ela propõe uma capacitação para enfrentamento a problemas como problemas de deslocamento de pessoas em situação de refúgio e outras situações de emergência.

A cada dia o mundo vive em situações limitantes e exaustivas para o ser humano! Criar uma rede de apoio, envolvimento com voluntariado sadio, promover a dignidade em meio ao caos, e desenvolver ambientes de esperança e qualidade de vida para quem necessita são alguns dos objetivos dessa escola que está em construção.

Essa escola é desenvolvida em conjunto com o Projeto Ninho, que acolhe imigrantes e refugiados em toda a Grande Vitória há mais de dois anos, e trabalha em parceria com a Cátedra Sergio Vieira de Melo (UFES + ACNUR) e outros atores da sociedade civil que já trabalham com esse tema no dia a dia. Assim os alunos terão a oportunidade de vivenciar, na prática, alguns dos maiores desafios dessas áreas de atuação.

“O Reino dos céus é como um grão de mostarda que um homem plantou em seu campo. Embora seja a menor dentre todas as sementes, quando cresce torna-se a a maior das hortaliças e se transforma numa árvore, de modo que as aves do céu vêm fazer os seus ninhos em seus ramos” – Mateus 13: 31 e 32

DATA E LOCAL

13 a 17 de junho

VITÓRIA/ES

Faça agora sua inscrição!Acesse o formulário clicando abaixo.

GRADE

  • Panorama do refúgio no mundo e no Brasil
  • Direito internacional do refugiado
  • Teologia do refúgio
  • Mulher, criança e refúgio
  • Migração forçada e estresse pós-traumático
  • Casos clínicos e depoimentos
  • Análise de filmes, séries e documentários sobre o tema

*A grade pode passar por alterações sem aviso prévio e não necessariamente seguirá essa ordem de aulas ministradas.

QUER RECEBER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A ESCOLA?
DEIXE SEU NOME E EMAIL!

NOME*
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

INVESTIMENTO

  • FORMAS DE PAGAMENTO
    (DEPÓSITO OU TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA E CARTÃO DE CRÉDITO)
  • R$ 849
  • Incluso no Valor:
    – Alimentação (Café, Almoço e Jantar)
    – Acomodação em quarto compartilhado
    – Aulas e Atividades da Escola


  • *Parcelamento em até 10x no cartão de crédito
    **Os Pagamento via cartão de crédito são realizados através do PagSeguro com acréscimo da taxa de 2,99% por parcela
ATENÇÃO!

DADOS BANCÁRIOS:
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AVALANCHE MISSÕES
AG: 0823 | C/C: 3037-5 | OP: 003
CNPJ: 10.886.185/0001-37

ATENÇÃO!

Na primeira etapa do processo, você deve transferir ou depositar a taxa de inscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta Reais) em nossa conta bancária e enviar o comprovante desta operação junto com os documentos solicitados no ato do preenchimento do formulário.

ATENÇÃO!

Você deverá pagar 50% da mensalidade após a aprovação da inscrição (a aprovação será comunicada por email)
e 50% no início da escola.

CONTAGEM REGRESSIVA ATÉ A ESCOLA

0Days0Hours0Minutes0Seconds

Conheça as etapas para participar de nossas escolas. Faça aqui sua inscrição!

NOTÍCIAS

Dia do Refugiado

Hoje parei para pensar em algumas coisas. Enquanto tantas situações passavam a minha frente, minha cabeça me lembrou de momentos e símbolos. Hoje, com uma bebê de pouco mais de 21 dias, me pego a pensar sobre a variável do acolhimento…

DEPOIMENTOS

Fazer parte dessa escola foi uma experiência única. Raramente abordado em púlpitos, esse tema não é só relevante para missionários, mas para qualquer cristão que quer entender o mundo onde vivemos e o nosso papel na promoção do diálogo com culturas e crenças distintas. Vivendo na Alemanha, essa era a minha maior motivação, e a expectativa foi atendida! Na escola aprendi que a migração e o refúgio são centrais na Bíblia, as diferenças fundamentais entre Cristianismo e Islamismo, e sobretudo como a Igreja tem trabalhado ao redor do mundo com esse tema. Escola inspiradora e necessária!

Essa escola foi um divisor de águas na minha vida. Após a escola pude realizar palestras para jovens e adolescentes, nas igrejas e também no rádio sobre refugiados e imigrantes. Foi um período precioso, de muito aprendizado e onde Deus fez transbordar no meu coração, amor pelos refugiados de todo o mundo. Sou de uma cidade no Acre que faz fronteira com a Bolívia e o Peru, temos uma fronteira aberta e por isso  recebemos  muitos imigrantes do Haiti, Venezuela e vários outros países. Além de orar precisamos também agir, seja através de instituições ou com trabalho voluntário para ajudar nossos irmãos. Vivemos uma crise migratória mundial que atinge à todos, e nosso papel como cristãos, é estar pronto para acolher.”

FALE CONOSCO

NOME*
Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Fale conosco via WhatsApp
Enviar