De onde vem a sua dor?
Da rejeição?
Das expectativas que não foram correspondidas?
De uma família desestruturada?
Da perda de algo?
Da falta de valorização?
Da culpa?
Do vazio no seu coração?
No meio disso, onde estou?

Diante desta avalanche, nosso corpo e mente gritam pelos excessos na comida, na bebida, no sexo, nas drogas e já não me cuido mais. Busco o alimento em coisas passageiras. E onde buscar o alívio para as minhas dores? Busco uma saída, uma luz. Enfrentar tudo isso com esperança. Ver algo além da dor.

Neste mundo, nada dura para sempre, mas o amor de Deus nunca acaba e Sua Alegria nos traz a esperança. Todos os esforços têm valor e benefícios, mas aquela ferida na alma, somente Deus pode curar!

Ildi Silveira
Aluna da Escola de Dependência Química & Outras Compulsões JUL/2019