A palavra escravo me parece mais bíblica. A Bíblia nos fala tanto de escravos nascidos em casa quanto feitos por causa de alguma derrota em guerra.

Toda pessoa dependente de algo ou alguém e que faz dele o seu braço forte é de alguma maneira escrava. A pergunta que precisamos responder ou fazer é por que algumas pessoas entram por esse caminho? Diferente do que alguns insistem em acreditar, os dependentes se tornaram assim.

Somos informados pela Bíblia que Deus nos criou a sua imagem e semelhança. Contudo, essa mesma Bíblia nos diz que homem e mulher resolveram quebrar a aliança com Ele e viver de maneira autônoma (auto – eu, nomia – lei). Ou seja, eles resolveram servir de lei mesmo para suas vidas.

Não precisamos ir longe nem fazer uma faculdade de psicologia para sabermos que há algo errado em nós e em todos ao nosso redor. As coisas são tão confusas que precisamos até de leis para nos proteger dos nossos semelhantes e até de nós mesmos.

Essa confusão não tem nada a ver com o que Deus criou, mas com a direção que resolvemos seguir. O uso de drogas e o uso errado que fazemos daquilo que não é droga, mas nós tratamos de transformá-la revelam o quanto somos seres nocivos.

Mesmo não tendo nada a ver com essa confusão que nos metemos, Deus resolveu nos salvar enviando seu único Filho para abrir um novo e vivo caminho de volta para casa. Afinal de contas todo dependente chegou a esse estado por buscar na criação uma satisfação e prazer que só pode ser encontrado exclusivamente em Deus.

O cristianismo bíblico não nega os efeitos trágicos que a dependência química causa no físico das pessoas. No entanto, como acreditamos que o ser humano é indivisível e que de maneira alguma ele pode ser compartimentalizado, o que está atingindo seu corpo está ao mesmo tempo tocando em todas as áreas de sua vida. Por isso, nossa prescrição vai direto ao coração de onde procedem as saídas da vida (Pv 4.23).

Com isso, entendemos ser necessário um tratamento integral visto ser o homem um ser integral. Começando por identificar os ídolos funcionais do coração a quem ele tem ofertado sua vida e conduzi-lo ao arrependimento por meio de uma clara exposição do evangelho poderoso de Deus. Observe que não estou propondo uma desintoxicação física e depois se der uma desintoxicação religiosa. Ou seja, tudo ao mesmo tempo. O evangelho todo para o homem todo.
Em Cristo sempre podemos ter esperança de sermos livres da escravidão da carne, diabo e mundo para nos tornarmos escravos da graça de Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

 

Conheça nossa escola de Dependência Química e Outras Compulsões!

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *